Especialista do ombro em Curitiba | Cirurgia do ombro em curitiba

413340-5500 – Av. Vicente Machado, 2439 – Seminário

Principais doenças nos ombros de quem pratica esportes

Estima-se que de 8% a 13% das lesões no ombro sejam provenientes de alguma atividade esportiva. Dependendo de qual é o esporte praticado existem maiores chances de desenvolver alguma patologia na região do ombro. Veja algumas das doenças de ombro mais comuns relacionadas às atividades físicas:

Síndrome do pinçamento subacromial

A síndrome do pinçamento subacromial acontece na chamada “zona crítica” do ombro. Ela é localizada entre o acrômio e a cabeça do úmero, onde também estão vários vasos sanguíneos, tendões e bursas. Ela acontece por micro ou macrotraumatismos na região que, se não tratados corretamente, podem causar o rompimento do manguito rotador. Ela é bastante comum na natação, principalmente no nado crawl, já que utiliza essa região com muito vigor.

Discinesia escapular

A discinesia escapular é uma patologia que consiste na movimentação errada da escápula, pode ser causada por diferentes fatores (como repetição de movimento, lesões e até mesmo lesões neurológicas). Bastante comum em atletas de esportes que requerem os braços acima da cabeça. Antigamente, era chamada de escápula alada (porém só adquire um formato de asa em casos graves).

2.2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lesões no manguito rotador

Essas lesões são comuns em tenistas e jogadores de voleibol. Ela é uma patologia capciosa pois, além de afetar a população jovem e senil, também pode passar desapercebida por muito tempo. Nos jovens, é mais comum a degeneração gradual do manguito; na população acima de 50 anos de idade, o rompimento. Mas há casos em que o afetado não sente a evolução da doença e só a percebe em um estágio avançado. A artroscopia é a cirurgia mais indicada para tratar esse tipo de lesão.

Instabilidade glenoumeral

Essa lesão é caracterizada por uma luxação da cabeça do úmero, em que ela se desloca da cavidade glenóide. Comum em tenistas e esportes de arremesso de peso, é uma patologia que atinge 2% da população, na maioria homens jovens atletas. Ela pode ser de vários tipos, por isso é importante a consulta de um especialista.

Lesões do tendão do bíceps proximal e lesões labrais superiores (SLAP)

As lesões SLAP abrangem a região do bíceps, e é comum em pessoas que praticam esportes de arremesso de peso. Atualmente, é um tipo de patologia muito estudada e precisa da atenção de um especialista, caso haja a suspeita. É caracterizada por um som audível “ploc” na região do bíceps e pelo aspecto de braço de Popeye (como o marinheiro).

Lesões da articulação acromioclavicular

A lesão na articulação acromioclavicular acontece por uma luxação, lesão ou fratura na região que une o acrômio e a clavícula, distanciando-as ou as movimentando erroneamente. Ao sentir dores nos ombros ou o enfraquecimento dos movimentos, principalmente os de rotação e de levantar os braços acima da cabeça, procure um especialista para determinar se essa é realmente a causa de suas dores, já que pode ser confundida com outras patologias devido ao seus sintomas semelhantes.

Ao sentir dores nos ombros após muito esforço, lesões, tombos ou em longas repetições, procure um especialista em ombro. Essas dores podem desaparecer momentaneamente, mascarando maiores perigos para a saúde de seu corpo. Comprometendo não só suas atividades físicas, como ações do cotidiano.

 

logo_explay