logo-mikael1

A Síndrome do Impacto

Uma das causas mais comuns de dores no ombro em adultos deriva da síndrome do impacto. Uma pressão na musculatura do ombro (manguito rotador) por parte da escápula quando o braço é elevado. O manguito rotador é formado por 4 músculos que trabalham em conjunto para elevar e girar o braço.

Quando o braço é levantado, os músculos e os tendões do manguito rotador podem se encostar e prejudicar os movimentos, causando dores. Que podem ser chamadas de bursite (inflamação na bursa) ou uma própria tendinite no manguito.

Atletas jovens e pessoas da meia idade são os mais vulneráveis a essa síndrome. Principalmente atletas do tênis, natação e basquetebol. Pessoas que utilizam as mãos acima da cabeça em atividades repetitivas também são propícias a desenvolver esse problema. Entretanto, a dor pode ser resultado de um pequeno trauma, como também não ter uma causa aparente.

Sintomas

 Nas fases iniciais os sintomas são leves, geralmente os pacientes não procuram tratamento, por isso é bom estar atento para dores que pareçam normais.

- Dores leves tanto em atividade como em repouso

- Dor da parte frontal até a lateral do braço

- Ao levantar o braço, dor súbita

- Tenistas: dores no saque ou em golpes mais altos

Quando o quadro avança podem ocorrer dores durante a noite, além da perda de forças e de movimentos.

decade3d/ShutterStock

decade3d/ShutterStock

 

Tratamento

O tratamento conservador (não cirúrgico) é o mais comum e com bons resultados. O objetivo dele é a diminuição e eliminação da inflamação dos tecidos:

- Fisioterapia

- Antiinflamatórios e analgésicos

- Infiltração com Corticóide

Quando essas ações não são suficientes é necessário o tratamento cirúrgico.

 

41 3340-5500 – Avenida Vicente Machado, 2439
41 3243-6135 – Avenida Silva Jardim, 2455

 

Responsável técnico – Dr. Mikael Borges – CRM 17113